Como se trata de produto importado, NÃO será necessário pedir autorização de compra na sua SFPC.

PROCESSO

O processo consiste em 5 etapas:

  1. Aprovação do orçamento, pagamento inicial e conferencia da documentação
  2. Pedido de licença de importação (CII)
  3. Compra
  4. Desembaraço
  5. Apostilamento

Como se trata de produto importado, NÃO será necessário pedir autorização de compra na SFPC de vinculação do atirador.

  1. O prazo de importação dura em média 120 dias.
  2. Requisitos para iniciarmos:
  3. CR válido (ou com protocolo de renovação)
  4. Armas apostilada ou declaração (abrir link para declaração) de empréstimo de arma de fogo

PRIMEIRA ETAPA: Aprovação do orçamento, pagamento inicial e conferencia da documentação

  1. Escolha da máquina:

Na primeira etapa o cliente irá escolher a máquina de recarga. Através de um bate papo, iremos verificar se o atirador está apto a importar e iremos escolher a máquina que melhor se adequa ao seu perfil.

  1. Pagamento inicial:

Após a escolha da máquina e aprovação do orçamento, o cliente irá fazer o pagamento inicial, esse pagamento é referente a documentação de CII, desembaraço e apostilamento. O pagamento será feito obrigatoriamente por meio de depósito bancário em conta corrente jurídica da empresa.

  1. Início da documentação:

Para darmos início ao processo, você irá fazer um cadastro em nosso sistema, na plataforma virtual por meio de um website. Em seguida irá enviar fotos dos documentos solicitados por e-mail e o comprovante do pagamento inicial.

SEGUNDA ETAPA: Pedido de licença de importação (CII)

A partir das informações preenchidas em nosso sistema, iremos enviar alguns documentos para assinatura. A documentação será enviada por e-mail no formato de PDF. Em seguida o cliente deverá seguir as instruções que consta no PDF. Após feita as instruções, a documentação deverá ser encaminhada para nosso despachante em Brasília que irá protocolar a CII e acompanhar seu andamento. Normalmente a CII sai em torno de 60 dias da data de protocolo.

TERCEIRA ETAPA: Compra

Essa etapa se inicia no momento em que a CII é deferida e temos ela em mãos. Essa etapa é feita em conjunto com o cliente. Nesse momento iremos conferir todos os produtos que serão importados e também será dada a oportunidade de o cliente incluir alguns itens opcionais, desde que disponível em estoque e que seja compatível com a importação.

O cliente irá fazer dois pagamentos:

  • PRODUTO + FRETE

Forma pagamento: CARTÃO DE CRÉDITO INTERNACIONAL (apenas), não há possibilidade de pagamento em dinheiro ou parcelamento, o pagamento é feito de 1 única parcela em seu cartão de crédito ou cartão de terceiro.

  • SERVIÇO:

Forma de pagamento: Cartão, boleto ou depósito bancário

O serviço, corresponde é um valor que cobramos proporcional ao pedido, ele representa 30% da soma dos valores: (produto + frete + impostos).

QUARTA ETAPA: Desembaraço

Quando a mercadoria chegar ao Brasil, ela ficará retida para a inspeção do exército. Nessa fase, iremos preparar uma segunda documentação para efetuar o desembaraço alfandegário. A vistoria leva em torno de 30 dias. Após a vistoria, o material é liberado para a receita federal. A receita federal irá tributar o produto.

Os impostos serão pagos no sítio eletrônico dos correios. O pagamento poderá ser efetuado por meio de boleto bancário ou cartão de crédito (visa ou master).

Após o pagamento o produto será liberado pelos correios e num prazo de 7 dias uteis chegará na residência do cliente.

QUINTA ETAPA: Apostilamento.

Como se trata de produto importado, o produto somente será apostilamento depois que estiver em suas mãos (essa é uma das maiores vantagens da importação). Nesse momento iremos colher um feedback sobre a importação e encaminhar por e-mail os documentos e a instruções para que seja efetuado o apostilamento do material.

DECLARAÇÃO DE EMPRESTIMO DE ARMA DE FOGO

Caso o cliente não tenha uma arma no calibre desejado apostilado em seu CR podemos usar uma declaração de empréstimo de arma de fogo.

Como funciona isso?

Nós iremos preparar uma declaração, informando que o cliente usa uma arma de terceiro para fins de treino e competição. Esse terceiro pode ser tanto algum atirador ou o próprio clube de tiro.

Essa declaração tem fundamentação legal na portaria 51.

Essa declaração não acarretará em nenhum ônus para o proprietário da arma, nem o cliente irá ficar vinculado a arma dele. Essa declaração tem a finalidade apenas para análise de processo para a importação dos dies.

Essa declaração será gerada automaticamente feita a partir das informações preenchida por você no nosso sistema.

Informações que precisamos sobre a arma:

✔Nome do proprietário;

✔CR / RM/

✔Tipo da arma (pistola, revólver…)

✔Calibre

✔Número de série

✔Sigma

✔Modelo

  • Essas informações estão contidas no CRAF ou Mapa de armas do proprietário.